ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Nestlé vê crescimento modesto em vendas orgânicas, não altera participação na L'Oreal

15/02/2018 10h34

Por Silke Koltrowitz

VEVEY, Suíça (Reuters) - A Nestlé prevê um crescimento modesto das vendas orgânicas este ano e anunciou nesta quinta-feira resultado mais fraco em 2017, fortalecendo a campanha do investidor Daniel Loeb para reformar a estratégia no maior grupo de alimentos do mundo.

As ações do fabricante das barras de chocolate KitKat e do café Nescafé atingiram o menor nível em 10 meses, depois que a companhia disse que o crescimento orgânico, que exclui aquisições e movimentos cambiais, foi de apenas 2,4 por cento em 2017, abaixo da mínima de 2,6 por cento estimada por analistas em uma pesquisa da Reuters.

A Nestlé e seus rivais estão comprando e vendendo marcas para melhorar o desempenho, à medida que as vendas diminuem devido à migração dos consumidores para alimentos saudáveis ​​e marcas independentes.

O fundo de hedge de Loeb, Third Point, reduziu em 3,5 bilhões de dólares uma participação na Nestlé em meados de 2017 e tem pressionado para acelerar a transformação da companhia em um grupo de alimentos saudáveis ​​de maior crescimento e eficiência.

A Nestlé também disse que decidiu não renovar um acordo de acionistas com a L'Oreal além de 21 de março para manter "todas as opções disponíveis", mas não tem a intenção de elevar sua participação de 23 por cento e permanece comprometida com a empresa de cosméticos.

É provável que isso alimente ​​a especulação sobre a venda de ações da Nestlé, de acordo com um operador com sede em Londres. O presidente-executivo da L'Oreal, Jean-Paul Agon, na semana passada disse que a empresa estava pronta para comprar as ações, caso a Nestlé decida vender.

A venda da participação da L'Oreal, no valor de cerca de 23 bilhões de euros, figurava de forma proeminente entre as demandas de Loeb.

A Nestlé também disse que decidiu explorar opções estratégicas, incluindo a venda do negócio de seguros Gerber Life, que registrou vendas de 840 milhões de francos suíços no ano passado. A empresa vai manter a marca de comida para bebês Gerber.

(Por Silke Koltrowitz)

Por Silke Koltrowitz

VEVEY, Suíça (Reuters) - A Nestlé prevê um crescimento modesto das vendas orgânicas este ano e anunciou nesta quinta-feira resultado mais fraco em 2017, fortalecendo a campanha do investidor Daniel","image":"","date":"15/02/2018 10h47","kicker":"Reuters"}}' cp-area='{"xs-sm":"49.88px","md-lg":"33.88px"}' config-name="economia/economia">

Mais Economia