Bolsas

Câmbio

Vendas reais de supermercados sobem 2,69% em janeiro, diz Abras

SÃO PAULO (Reuters) - As vendas de supermercados do Brasil em janeiro subiram 2,69 por cento em termos reais na comparação com o mesmo mês do ano passado, informou nesta quinta-feira a associação que representa o setor, Abras.

"O resultado das vendas de janeiro foi bastante positivo em relação ao ano passado, que registrou no mesmo período 0,09 por cento de alta acumulada", disse o presidente João Sanzovo Neto, em comunicado, acrescentando que os dados indicam a retomada do crescimento de acordo com a previsão da entidade.

Para este ano, a Abras projeta alta de 3 por cento nas vendas.

Em valores nominais, as vendas de supermercadistas avançaram 5,3 por cento no primeiro mês do ano ante mesma etapa de 2017. Já na comparação com dezembro do ano passado, as vendas reais caíram 21,44 por cento.

A cesta de produtos Abrasmercado, pesquisa feita em parceria com a GfK, subiu 0,46 por cento na comparação mensal, para 451,10 reais. Os produtos que tiveram as maiores altas no primeiro mês do ano foram tomate (32,1 por cento), cebola (5,93 por cento), margarina cremosa (3,16 por cento) e arroz (2,92 por cento).

Por outro lado, as maiores quedas foram vistas nos itens feijão (-5,48 por cento), massa sêmola espaguete (-5,17 por cento), ovo (-4,05 por cento) e açúcar (-2,32 por cento).

No primeiro mês do ano, a região Centro Oeste registrou a maior alta nos preços, de 1,12 por cento na comparação com dezembro, seguida por Nordeste (0,9 por cento). Por outro lado, a maior queda foi na região Norte (-0,04 por cento).

(Por Flavia Bohone)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos