ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

CORREÇÃO-Eletropaulo tem aval para contrato com AES para sistema de baterias em SP

02/03/2018 10h54

(Corrige texto para Eletropaulo "tem aval" e não "fecha" contrato com AES, após esclarecimento da empresa)

SÃO PAULO (Reuters) - A distribuidora de energia elétrica Eletropaulo, responsável pelo fornecimento na região metropolitana de São Paulo, obteve autorização regulatória para um contrato com a norte-americana AES que visa a instalação de um sistema de armazenamento de energia por baterias na zona leste da capital paulista.

A contratação teve aval da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta sexta-feira, segundo despacho no Diário Oficial da União. O órgão regulador precisou aprovar o negócio por ele envolver a AES, que é dona de quase 17 por cento da Eletropaulo, o que configura uma contratação entre partes relacionadas.

O possível acordo envolve 29,7 milhões de reais para a implantação do sistema na região da Vila Curuçá, na Zona Leste.

A Eletropaulo disse à Aneel que o sistema de armazenamento é mais vantajoso que a construção de uma nova subestação para atender o crescimento do consumo na região, uma vez que tem menor custo de implantação e prazo de conclusão cerca de um ano menor.

A elétrica disse ainda que o sistema de baterias terá vida útil de 20 anos e ajudará a adiar por ao menos quatro anos o investimento em uma nova subestação.

O sistema também aliviaria a carga no horário de ponta e facilitaria o restabelecimento da energia em casos de queda no fornecimento na região, segundo a empresa.

Além da AES, a Eletropaulo disse que pediu orçamentos à Siemens e à S&C, que declinaram de apresentar propostas, e à Tesla, que ofereceu o serviço a um custo quase 40 por cento maior, de 36,7 milhões de reais.

(Por Luciano Costa)

Mais Economia