Bolsas

Câmbio

Siderúrgicas pressionam índices acionários chineses após EUA adotarem tarifas

Por Marc Jones

XANGAI (Reuters) - Os mercados acionários da China caíram nesta sexta-feira, pressionados por siderúrgicas, depois que o presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou tarifas elevadas sobre a importação de aço e alumínio, provocando preocupações de uma guerra comercial global.

Os investidores também estavam cautelosos antes do encontro do Congresso Nacional do Povo na próxima semana em Pequim e estão cada vez mais preocupados com os riscos de altas mais rápidas da taxa de juros dos Estados Unidos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,8 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,6 por cento.

Na a semana, o CSI300 caiu 1,3 por cento, enquanto o índice de Xangai recuou 1 por cento.

Embora a China exporte relativamente pouco aço para os EUA, ela está na mira da administração Trump em uma série de outras questões, como direitos de propriedade intelectual.

No restante da região, a preocupação com a possibilidade de uma guerra comercial global pressionou os mercados.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 0,9 por cento às 7:56 (horário de Brasília).

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 2,50 por cento, a 21.181 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,48 por cento, a 30.583 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,59 por cento, a 3.254 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,80 por cento, a 4.016 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 1,04 por cento, a 2.402 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,81 por cento, a 10.698 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,99 por cento, a 3.479 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,74 por cento, a 5.928 pontos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos