ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Premiês de Portugal e Espanha dizem a Temer que UE está empenhada em fechar acordo com Mercosul

05/03/2018 13h38

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Michel Temer recebeu, na manhã desta segunda-feira, telefonemas dos primeiros-ministros de Portugal, António Costa, e da Espanha, Mariano Rajoy, de quem recebeu a garantia de que a União Europeia está empenhada em fechar a negociação do acordo, informou o Palácio do Planalto.

"Ambos reiteraram ao presidente o interesse em vencer as últimas contendas para que o acordo Mercosul-União Europeia seja fechado no menor prazo. Na ocasião, o presidente Michel Temer também manifestou seu empenho nessa direção", informou a assessoria de Comunicação da Presidência.

Uma nova rodada de negociações foi feita na semana passada, no Paraguai, mas não foi possível, mais uma vez, fechar o acordo. O chanceler do Paraguai, Eladio Loizaga, informou que as negociações continuarão pelas próximas semanas através de videoconferência.

Segundo o chanceler, as negociações avançaram na semana passada e a expectativa no Mercosul é que o acordo seja fechado até o meio do ano.

Em dezembro, na última rodada de negociações, os dois lados não conseguiram avançar no principal entrave para o acordo, as baixas cotas de importação de carne e etanol impostas pela UE e que não supriam a demanda do Mercosul. Em janeiro, a UE melhorou sua oferta para um acesso de 99 mil toneladas de carne por ano, ante 70 mil toneladas propostas inicialmente.

Ainda assim, o número ficou abaixo das 100 mil toneladas propostas pela UE em 2004, quando se começou a falar em um acordo. Uma das diretrizes das atuais negociações é de que os valores precisariam ser superiores aos de 14 anos atrás.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

Mais Economia