Bolsas

Câmbio

Hydro diz que ainda não sabe quando poderá retomar produção total da Alunorte no Pará

OSLO (Reuters) - A fabricante norueguesa de alumínio Hydro ainda não conseguiu fixar uma data para o reinício da produção na refinaria de alumina Alunorte, no Brasil, a maior do mundo, informou a empresa nesta quarta-feira.

A planta, localizada no município de Barcarena (PA) e uma fornecedora-chave para as fábricas de alumínio da Hydro, foi obrigada a reduzir a produção pela metade na semana passada por receio de contaminação das águas.

"Ainda não sabemos exatamente o que precisamos fazer para podermos começar a produzir 100 por cento novamente na Alunorte", disse o porta-voz da Hydro, Oeyvind Breivik.

"Estamos fazendo todo o possível para obter alguma clareza em torno desta situação para que possamos reiniciar nossa produção o mais rápido possível", acrescentou.

Na terça-feira, um tribunal brasileiro rejeitou o pedido da Hydro para retomar a produção total, mesmo após a empresa afirmar que os níveis de água no local de resíduos da planta estão dentro do limite exigido.

A Hydro disse que ainda não decidiu vai apelar da decisão.

"Isso é algo que estamos avaliando continuamente, mas nenhuma decisão final foi tomada", disse Breivik.

"Nosso presidente-executivo está no Brasil agora e esta situação é a prioridade número um. Ele iniciou diálogos com autoridades estaduais e federais", acrescentou o porta-voz.

Em paralelo, a Hydro anunciou ainda que contratou a consultoria ambiental SGW para revisar os sistemas de tratamento de água e de gerenciamento de efluentes na refinaria Alunorte, com previsão de um relatório preliminar na primeira semana de abril.

Conforme a companhia, o objetivo é avaliar se a planta opera de acordo com a lei ambiental e se há falhas no descarte de dejetos.

(Por Joachim Dagenborg e Terje Solsvik)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos