ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

MRV cita tendência positiva para 1º tri, vê chance de mais dividendos em 2018

08/03/2018 18h26

Por Gabriela Mello e Gram Slattery

SÃO PAULO (Reuters) - A MRV está confiante em relação a 2018, com os principais indicadores em janeiro e fevereiro já sinalizando uma tendência positiva para os resultados do primeiro trimestre no atual cenário de juros mais baixos e reaquecimento da demanda em meio à retomada da economia brasileira.

"Embora o primeiro trimestre seja sazonalmente mais fraco, o consumidor está mais confiante e o mercado está cada vez melhor...todas as métricas estão positivas", afirmou à Reuters nesta quinta-feira o copresidente da maior construtora de imóveis econômicos do país, Rafael Menin, destacando o resultado de vendas por dia útil.

De acordo com o executivo, a construtora já atingiu, em termos anualizados, a meta de 50 mil unidades lançadas e vendidas por ano no último trimestre de 2017 e agora pretende consolidar esse desempenho no decorrer de 2018.

Menin também disse citou potencial de elevar o retorno ao acionista. Nesta quinta-feira, a companhia anunciou que pagará 155 milhões de reais em dividendos extraordinários no começo do segundo trimestre, possivelmente em abril.

"Existe possibilidade de irmos além...Nada impede outras distribuições ao longo do ano", comentou o copresidente, acrescentando que a MRV distribuiu aos acionistas mais que o percentual mínimo de 25 por cento do lucro nos dois últimos anos.

A companhia encerrou 2017 com um lucro líquido de 653 milhões de reais, 17,3 por cento superior ano a ano. Só no quarto trimestre, a empresa lucrou 180 milhões de reais, 27 por cento mais na comparação com os três últimos meses de 2016.

O resultado operacional medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) cresceu 68,2 por cento entre outubro e dezembro, para 269 milhões de reais, com a margem Ebitda subindo para 19,6 por cento ante 15 por cento.

Conforme prévia operacional divulgada em meados de janeiro, as vendas contratadas da MRV cresceram 34,2 por cento no quarto trimestre, para 1,7 bilhão de reais, enquanto os lançamentos subiram 56 por cento, para 1,67 bilhão de reais.

Ao fim de dezembro, a empresa contava com um estoque de terrenos (landbank) de 45,9 bilhões de reais, 11,7 por cento maior que o apurado um ano atrás. A MRV planeja desembolsar cerca de 500 milhões de reais com novas áreas em 2018.

"Vamos comprar até nosso landbank se aproximar ou exceder 50 bilhões de reais", disse Menin. A partir de 2019, acrescentou o copresidente, o foco da construtora passará a ser a reposição de áreas.

Mais Economia