Bolsas

Câmbio

Trump diz que mantém planos de taxar importações, pode flexibilizar tarifas para alguns países

WASHINGTON (Reuters) - O presidente norte-americano, Donald Trump, disse nesta quinta-feira que se ateria aos planos de taxar em 25 por cento as importações de aço e em 10 por cento as de alumínio, mas teria flexibilidade para mudar os percentuais para países específicos.

"Eu fico com os 10 e 25 (por cento) inicialmente. Eu terei direito de ir para cima ou baixo, dependendo do país, terei o direto de retirar países ou adicionar países", disse Trump a repórteres no início de uma reunião do gabinete na Casa Branca.

Trump afirmou que seria justo e flexível sobre a questão, enquanto protegeria os trabalhadores norte-americanos.

Os planos do presidente irritaram aliados dos Estados Unidos e desencadearam preocupações sobre uma guerra comercial.

(Por Jeff Mason)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos