ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Ibovespa fecha em alta e avança na semana após dados de emprego dos EUA

09/03/2018 18h39

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice do mercado acionário brasileiro fechou em alta de mais de 1 por cento nesta sexta-feira, revertendo as perdas da semana, após dados de emprego dos Estados Unidos amenizarem preocupações quanto a uma aceleração no ritmo de alta das taxas de juros norte-americanas.

O Ibovespa subiu 1,63 por cento, a 86.371 pontos. O volume financeiro do pregão somou 11,262 bilhões de reais. Na semana, o Ibovespa acumulou acréscimo de 0,7 por cento.

A criação de vagas de trabalho nos Estados Unidos saltou em fevereiro, registrando o maior aumento em mais de um ano e meio, mas uma desaceleração nos ganhos salariais apontou uma elevação gradual da inflação este ano, corroborando apostas de manutenção do ritmo gradual de elevação dos juros pelo Federal Reserve.

Em Wall Street, o S&P 500 fechou em alta de 1,7 por cento.

De acordo com o diretor da More Invest Leonardo Monoli, os dados divulgados hoje nos Estados Unidos apresentaram uma boa combinação, com criação de vagas forte, desemprego estável em nível baixo e inflação de salário saudável. "Combinação perfeita para os emergentes", afirmou.

O quadro positivo para a bolsa brasileira também encontrou respaldo em dados de inflação, com o IPCA atingindo o menor nível em 18 anos para fevereiro diante da queda dos preços dos alimentos, consolidando as expectativas de mais um corte da taxa básica de juros neste mês.

DESTAQUES

- EMBRAER avançou 6,99 por cento, maior alta do Ibovespa, recuperando-se das perdas da véspera, conforme as atenções voltaram para o longo prazo e negociações entre a fabricante brasileira de aviões e a norte-americana Boeing sobre possível acordo.

- BRF subiu 6,11 por cento, também na ponta positiva, em sessão de recuperação, na esteira da robustez da bolsa. Operadores também citaram ruídos sobre interessados na companhia após uma série de reveses que derrubaram os preços das ações da companhia. No setor, JBS fechou em alta de 4,49 por cento e MARFRIG valorizou-se 3,99 por cento.

- MRV avançou 3,28 por cento, tendo no radar balanço do último trimestre de 2014 divulgado na noite da véspera, com lucro de 180 milhões de reais, e anúncio de que pagará 155 milhões de reais em dividendos extraordinários.

- BRADESCO PN teve elevação de 2,14 por cento, endossando o viés positivo no pregão, com todo os papéis do setor bancário do Ibovespa no azul. ITAÚ UNIBANCO PN subiu 1,38 por cento.

- PETROBRAS PN e PETROBRAS ON subiram 3,18 e 2,61 por cento, respectivamente, acompanhando o avanço dos preços do petróleo no exterior.

- VALE subiu 1,54 por cento, beneficiada pela melhora do humor como um todo, revertendo perdas do começo da sessão em razão da nova queda nos preços do minério de ferro na China.

- CIELO ON encerrou em baixa de 3,65 por cento, piorando no final da sessão, diante do anúncio de que o ex-presidente da maior empresa de meios de pagamento do país Rômulo Dias foi indicado para presidir o grupo de internet UOL, que controla a rival da Cielo, PagSeguro.

Mais Economia