Bolsas

Câmbio

Indústria siderúrgica quer que México copie tarifas de Trump para evitar dumping

(Reuters) - O México deve replicar as tarifas de 25 por cento sobre o aço do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para evitar ser usado como ponto de parada para países terceiros exportarem para os Estados Unidos, disse a câmara da indústria nesta sexta-feira.

Trump excluiu o México e o Canadá do esquema de tarifas anunciado nesta quinta-feira, o que poderia tornar o aço exportado desses parceiros comerciais mais barato que o de outros países.

Em um comunicado de página inteira no jornal, a câmara nacional de aço do México disse que as isenções de Trump criaram o risco de que os países sujeitos às tarifas dos EUA tentassem exportar primeiro para o México e depois para os EUA para tirar proveito da regra.

A Câmara disse que o México não deveria impor tarifas a países e regiões com acordos de livre comércio, como a União Européia e o Japão.

(Por Sharay Angulo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos