ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Minas de carvão da Rio Tinto na Austrália devem receber ofertas de US$2,5 bi

09/03/2018 12h23

MELBOURNE/LONDRES (Reuters) - Pelo menos três licitantes devem enviar ofertas finais para as minas de carvão Hail Creek e Kestrel da Rio Tinto na Austrália, que podem totalizar até 2,5 bilhões de dólares, disseram fontes familiarizadas com o processo.

A mineradora anglo-australiana tomou uma decisão estratégica em 2017 para sair do setor carvão e se concentrar no crescimento das áreas de minério de ferro, cobre e alumínio.

A Hail Creek e a Kestrel são as duas últimas minas de carvão da Rio Tinto, após a venda de 2,7 bilhões de dólares de suas operações de carvão Hunter Valley, na Austrália, para o Yancoal no ano passado.

Espera-se que a Whitehaven Coal, da Austrália, lance uma oferta, bem como a empresa australiana de private equity EMR Capital, juntamente com a Adaro Energy, da Indonésia.

Um consórcio liderado pela empresa de private equity dos Estados Unidos Apollo Global Management também deverá apresentar algo.

As propostas finais para as duas minas, que produzem principalmente carvão de coque, usado em siderúrgicas, devem ser realizadas até segunda-feira, 12 de março.

Todas as fontes não quiseram ser identificadas, uma vez que as propostas estavam sujeitas a acordos de confidencialidade.

(Por Clara Denina e Sonali Paul; reportagem adicional de Fergus Jensen, em Jacarta, Sharon Klyne, em Sydney, Kane Wu, em Hong Kong, e Yuka Obayashi, em Tóquio)

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447765))REUTERS JRG RS

Mais Economia