ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Governo do Japão reitera que recuperação econômica é gradual

16/03/2018 10h02

TÓQUIO (Reuters) - O governo japonês deixou inalterada sua avaliação de que a economia está se recuperando gradualmente, sugerindo que uma recente série de crescimento provavelmente continuará à medida que os consumidores gastam mais, as exportações aumentam e as empresas elevam o investimento.

O governo mudou a redação de sua avaliação para os preços ao consumidor em março para dizer que estão aumentando gradualmente. No mês passado, o governo disse que os preços ao consumidor ficaram estáveis.

Mas isso não equivale a uma melhora, em parte porque o aumento é leve e pode ser temporário, disse um funcionário do Escritório de Gabinete, destacando a dificuldade do banco central do Japão de fazer com que a inflação acelere.

"A economia do Japão está se recuperando gradualmente", disse o Escritório do Gabinete em seu relatório econômico mensal para março nesta sexta-feira. Isso ficou inalterado em relação à posição do mês anterior.

Em janeiro, os preços ao consumidor excluindo alimentos frescos e energia, conhecidos como núcleo de preços, aumentaram 0,4 por cento na base anual. Esta é uma melhora ante junho de 2017, quando o núcleo de preços ficou estável, mas ainda está bem abaixo da meta de 2 por cento do banco central.

O governo manteve sua avaliação de que os gastos do consumidor estão "se recuperando", já que os gastos com celulares e eletroeletrônicos permanecem firmes.

O governo disse que o gasto de capital está se expandindo gradualmente, inalterada em relação ao mês anterior, à medida que os fabricantes de semicondutores aumentam o investimento para atender a demanda e outros fabricantes investem em robôs industriais, mostrou o relatório.

O crescimento econômico do Japão no quarto trimestre foi revisado para cima em função do aumento dos gastos de capital e dos estoques.

A economia cresceu por oito trimestres consecutivos, a maior expansão contínua desde um período de 12 trimestres entre abril-junho de 1986 e janeiro-março de 1989, durante a notória bolha econômica do Japão.

(Por Stanley White)

Mais Economia