Bolsas

Câmbio

J&J está perto de deixar dispositivos de diabate com venda da LifeScan por US$2,1 bi

(Reuters) - A Johnson & Johnson disse nesta sexta-feira que recebeu uma oferta de 2,1 bilhões de dólares da empresa de capital privado Platinum Equity por sua unidade LifeScan, que fabrica produtos de monitoramento de glicose no sangue, em mais um passo na direção de deixar o mercado de dispositivos de diabete.

A Platinum deu prazo à J&J até meados de junho para aceitar a oferta para permitir consultas com funcionários no exterior.

As vendas do negócio de dispositivos de diabete da J&J, que também inclui a Animas Corp e Calibra Medical, têm caído desde 2012 em um mercado altamente competitivo e a companhia disse em janeiro deste ano que estava avaliando opções para as unidades.

A J&J disse em outubro que fecharia a Animas, que fabrica bombas de insulina, após não conseguir encontrar um comprador. A porta-voz da J&J Donna Lorenson disse que a revisão estratégica da divisão Calibra, que vende bombas de insulina usáveis, está acontecendo.

A Lifescan, que tem sedes em Chesterbrook, na Pensilvânia, e Zug, na Suíça, vende medidores pessoais de glicose no sangue, tiras de teste, e sistemas de teste. Mais de 20 milhões de pessoas em 90 países usam seus produtos.

A Platinum Equity disse em comunicado à imprensa que está atualmente consultando com conselhos de trabalhadores que representam seus funcionários. A oferta poderia ser finalizada até meados de junho, a menos que seja estendida, e espera-se que um acordo seja finalizado até o fim de 2018.

(Por Arjun Panchadar e Munsif Vengattil; reportagem adicional de Caroline Humer)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos