ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Membros da OMC dizem que ações dos EUA ameaçam credibilidade da organização

20/03/2018 11h31

Por Manoj Kumar

NOVA DÉLHI (Reuters) - Cerca de 50 países expressaram preocupação nesta terça-feira sobre a "séria ameaça" para a Organização Mundial do Comércio (OMC) de ações comerciais unilaterais, uma referência clara às tarifas de importação dos Estados Unidos que provocaram protestos globais.

Ao entregar as observações finais após uma reunião informal dos membros da OMC em Nova Délhi, o ministro do Comércio da Índia, Suresh Prabhu, não se referiu aos EUA pelo nome.

Ele disse que os membros expressaram profunda preocupação sobre a "séria ameaça" à credibilidade da OMC, particularmente no que se refere ao princípio da "não discriminação" na sequência do ciclo de recentes medidas comerciais unilaterais.

"Em algumas intervenções, a necessidade de os membros da OMC tomarem medidas urgentes e coordenadas para abordar as questões foi destacada", disse Prabhu.

"Foi reconhecido por quase todos os participantes que é responsabilidade coletiva dos membros da OMC enfrentar os desafios do sistema e colocá-lo de volta em um caminho constante e significativo para que continue a servir ao povo de nossos países".

Solicitando uma frente unida para responder às tarifas dos EUA, o diretor-geral da OMC, Roberto Azevêdo, disse que as recentes medidas comerciais unilaterais podem aumentar as tensões.

"Ouvimos hoje muitos países dizendo que temos uma preocupação com isso. Existe o potencial de uma escalada. Devemos tentar trabalhar na estrutura da OMC", disse Azevêdo.

Em separado, Prabhu disse a jornalistas que os EUA estão comprometidos com a Organização Mundial de Comércio, apesar de Washington ter levantado preocupações sobre o funcionamento da OMC e pedido reformas.

(Por Manoj Kumar)

Mais Economia