Bolsas

Câmbio

Governo não desbloqueará despesas do Orçamento de 2018, dizem fontes

BRASÍLIA (Reuters) - O governo não desbloqueará despesas do Orçamento de 2018, afirmaram nesta quarta-feira duas fontes com conhecimento direto do assunto, em meio às avaliações de que os riscos fiscais seguem no horizonte apesar da melhora na arrecadação.

"Ficará no zero a zero, sem desbloquear nada", disse uma das fontes, em condição de anonimato.

A decisão virá no relatório de receitas e despesas do primeiro bimestre, que será publicado na quinta-feira.

A equipe econômica avalia que duas medidas consideradas importantes para as contas públicas seguem envoltas em incertezas: a privatização da Eletrobras e a reoneração da folha de pagamentos, ambas em tramitação inicial no Congresso e sofrendo resistência de parlamentares.

Por isso a opção pela cautela, apesar de a arrecadação ter surpreendido positivamente nos dois primeiros meses no ano, na esteira da retomada econômica e com a ajuda de recursos extraordinários levantados com o Refis, programa de renegociação de dívidas tributárias.

Em relatório extemporâneo publicado em fevereiro, o governo bloqueou 16,2 bilhões de reais em despesas do Orçamento deste ano, sendo 8 bilhões de reais por cautela com receitas previstas via privatização da Eletrobras e outros 8,2 bilhões de reais com remanejamento de gastos, que precisam de aval do Congresso.

(Por Marcela Ayres)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos