Bolsas

Câmbio

Trump deve anunciar tarifas sobre importações da China na 5ª feira

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos Donald Trump anunciará na quinta-feira tarifas sobre as importações da China, disse uma autoridade da Casa Branca, medida que visa a restringir o roubo de tecnologia dos EUA, o que deve incitar uma retaliação de Pequim e o medo do mercado de uma guerra comercial global.

Não há indicação do tamanho e do escopo das tarifas, que o responsável comercial dos EUA Robert Lighthizer disse que seria voltada para o setor de alta tecnologia da China e que também pode incluir restrições dos investimento chineses nos EUA. Outros setores, como vestuário, também poderiam ser atingidos.

"Amanhã o presidente anunciará as medidas que decidiu tomar baseadas na investigação 301 da USTR sobre esforços liderados pelo governo chinês para forçar, pressionar e roubar tecnologia e propriedade intelectual dos EUA", disse o agente.

A investigação realizada pelos EUA sob a seção 301 do Trade Act de 1974 identificou roubo de e coerção de empresas norte-americanas para disponibilizar sua propriedade intelectual assim como compras por fundos estatais chineses de companhias dos EUA pelos seu conhecimento tecnológico.

Lighthizer disse ao Comitê de Meios e Razões da Câmara dos Deputados que o alvo seria minimizar o impacto de quaisquer tarifas nos consumidores norte-americanos.

A China ameaçou retaliar atingindo as exportações agrícolas dos EUA se as tarifas sobre as importações chinesas de até 60 bilhões de dólares fossem anunciadas por Washington.

(Por David Chance e Steve Holland; reportagem adicional de David Lawder, Stella Qiu e Ryan Woo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos