Bolsas

Câmbio

Ex-bispo de Formosa tem prisão preventiva decretada e é denunciado à Justiça

(Reuters) - O ex-bispo de Formosa, em Goiás, dom José Ronaldo Ribeiro teve a prisão preventiva decretada e foi denunciado pelo Ministério Público de Goiás à Justiça nesta sexta-feira, juntamente com padres e outros religiosos, informou o MP goiano.

O ex-bispo e os demais envolvidos são acusados de envolvimento em um esquema de desvio de dinheiro e apropriação indébita de recursos da Diocese de Formosa, revelado pela Operação Caifás, deflagrada na última segunda-feira.

"Parte dos recursos apropriados indevidamente pelo denunciado José Ronaldo provinham de desvios praticados pelos párocos a ele criminalmente associados e acima já nomeados, os quais, em suas respectivas paróquias", disse o MP de Goiás na denúncia.

De acordo com a peça acusatória, os párocos envolvidos no esquema repassavam recursos em espécie ao então bispo periodicamente "até mesmo como forma e condição de se manterem à frente de paróquias tidas como lucrativas".

Após a operação de segunda, o papa Francisco decidiu na quarta-feira indicar um administrador extraordinário para comandar a Diocese de Formosa. O Vaticano informou em nota que o papa indicou o arcebispo Paulo Mendes Peixoto, da cidade de Uberaba (MG), para comandar a diocese de Formosa para a Santa Sé.

(Por Eduardo Simões, em São Paulo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos