Bolsas

Câmbio

Tiroteio deixa 7 mortos na Rocinha, diz PM do Rio de Janeiro

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Ao menos sete pessoas morreram em confronto com a polícia neste sábado, na favela da Rocinha, em São Conrado, na zona sul do Rio de Janeiro, informou a Polícia Militar em nota.

Os tiroteios começaram ainda de madrugada e os moradores, em pânico, começaram a postar nas redes sociais os barulhos do confronto.

Segundo a PM, homens do batalhão de choque, tropa de elite da corporação, faziam uma patrulha na comunidade "quando criminosos armados atiraram contra as equipes", dando origem a um confronto.

"Após cessar os disparos, sete criminosos feridos foram socorridos ao Hospital Municipal Miguel Couto, onde vieram a óbito", disse a polícia em nota.

De acordo com o relato da polícia, com os baleados, foram apreendidos um fuzil, sete pistolas e duas granadas. A ocorrência será registrada na Delegacia de Homicídios.

O Rio de Janeiro está sob intervenção federal na área da segurança há mais de um mês, mas mesmo assim vários casos de violência vem sendo registrados no Estado.

Segundo a PM, o saldo operacional de sua atuação na Rocinha, nos últimos seis meses, contabiliza 105 prisões e apreensão de mais de 100 armas, dentre elas 38 fuzis. Também foram apreendidas 69 granadas/artefatos explosivos, dois PMs morreram e oito ficaram feridos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos