Bolsas

Câmbio

Índices acionários europeus recuam com euro forte e tensões com a Rússia

Por Danilo Masoni

MILÃO (Reuters) - Os mercados acionários europeus caíram nesta segunda-feira, uma vez que a alta do euro e as tensões diplomáticas com a Rússia ofuscaram o otimismo de que a política comercial protecionista dos Estados Unidos pode ser mais seletiva e tática do que se temia inicialmente.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,68 por cento, a 1.421 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,72 por cento, a 363 pontos, atingindo a mínima desde fevereiro de 2017.

Mais cedo, o STOXX chegou a subir 0,6 por cento após notícia de que os Estados Unidos e a China iniciaram negociações para melhorar o acesso dos EUA aos mercados chineses.

"Isenções sobre as tarifas de aço e alumínio já foram concedidas a outros parceiros comerciais importantes, o que sugere que o presidente norte-americano está utilizando essa abordagem mais para negociar influência do que qualquer intenção real de iniciar uma guerra comercial global", escreveu Mike van Dulken, chefe de pesquisa da Accendo Markets, observando uma resposta "medida" e "diferenciada" da China até o momento.

No entanto, os mercados acionários europeus caíram em território negativo à medida que o euro ganhava mais força. Os operadores disseram que o sentimento também foi afetado pelas crescentes tensões diplomáticas entre os países ocidentais e a Rússia.

Os EUA disseram nesta segunda-feira que expulsariam 60 diplomatas russos, unindo-se a governos em toda a Europa que punem o Kremlin por um ataque com agente nervoso contra um ex-espião russo no Reino Unido que foi condenado em Moscou.

Um operador de vendas de uma corretora europeia, no entanto, disse que não vê como essas tensões poderiam ter um grande impacto sobre o crescimento econômico global.

Os papéis expostos à Rússia terminaram sem direção comum. A Raiffeisen subiu 2,5 por cento, ajudada por um aumento de preço-alvo do Deutsche Bank, enquanto a Renault subiu 0,3 por cento, a Carlsberg caiu 0,5 por cento e a Buzzi Unicem recuou 3,2 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,48 por cento, a 6.888 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,83 por cento, a 11.787 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,57 por cento, a 5.066 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,24 por cento, a 22.011 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,13 por cento, a 9.381 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,43 por cento, a 5.319 pontos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos