ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Opep busca cooperação de "muito longo prazo" com outros exportadores de petróleo

28/03/2018 12h49

Por Ahmed Rasheed

BAGDÁ (Reuters) - A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) está buscando uma cooperação de "muito longo prazo" com outros exportadores de petróleo, disse o secretário-geral do grupo nesta quarta-feira.

O comentário do secretário Mohammad Barkindo vem após notícias de que a Arábia Saudita, maior exportador da Opep, e a Rússia, que não faz parte do grupo, trabalham em um pacto de longo prazo que estenderia os controles sobre a oferta mundial de petróleo de grandes exportadores por até 20 anos.

O príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman anunciou o plano em uma entrevista à Reuters na segunda-feira.

A Rússia, maior produtor de petróleo do mundo, já trabalhou com o bloco de 14 membros da Opep em ocasiões anteriores de sobreoferta de petróleo para reduzir a produção e elevar preços, mas um acordo de 10 a 20 anos entre o país e o cartel seria inédito.

"Estamos buscando uma cooperação de muito longo prazo entre países produtores da Opep e países produtores não membros da Opep", disse Barkindo em uma conferência de energia em Bagdá.

Estados participantes da Opep, Rússia e diversos outros produtores de fora do bloco concordaram em limitar a oferta a partir de janeiro de 2017 para elevar preços do petróleo, que despencaram de mais de 110 dólares por barril em 2014 para menos de 30 dólares em 2016.

O pacto, que impulsionou os preços para a casa dos 70 dólares, foi prorrogado em novembro, e agora os cortes estão previstos para acontecer até o final de 2018.

Barkindo disse ainda que, além dos 24 países que assinaram o acordo em novembro, há ainda seis outros países produtores que demonstraram interesse no pacto.

(Por Ahmed Rasheed)

Mais Economia