ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Produção de petróleo do Brasil fica estável em fevereiro apesar de avanço do pré-sal

Marta Nogueira

02/04/2018 12h34

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A produção média de petróleo no Brasil em fevereiro ficou praticamente estável ante o mês anterior pela segunda vez consecutiva, somando 2,617 milhões de barris por dia (bpd), apesar de alta no pré-sal, informou nesta segunda-feira a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Em janeiro, a produção de petróleo no país havia registrado média de 2,615 milhões de bpd, enquanto em dezembro a produção foi de 2,612 milhões de bpd.

Em relação a fevereiro de 2017, a produção de petróleo no segundo mês de 2018 caiu 2,2%.

Alta no pré-sal

A estabilidade ante o mês anterior ocorreu apesar do avanço nas áreas prolíferas do pré-sal, que produziram em fevereiro, em 83 poços, 1,408 milhão de bpd, alta de 1,95% ante janeiro.

Enquanto isso, a Bacia de Campos, que abrange áreas no Rio de Janeiro e no Espírito Santo, apresentou declínio, em meio à grande quantidade de ativos já maduros, mesmo com a presença na região de áreas em operação do pré-sal.

Em fevereiro, a produção média na Bacia de Campos somou 1,228 milhão bpd, queda de 1,8% ante janeiro, representando 47% da produção total do país, o mesmo percentual da Bacia de Santos.

No segundo mês de 2017, a produção de petróleo da Bacia de Campos era 55% da total do país, contra 39% da Bacia de Santos.

Já a produção média de gás natural no Brasil em fevereiro, por sua vez, somou 110 milhões de metros cúbicos/dia, queda de 2,3% ante o mês anterior e alta de 3% em comparação a fevereiro de 2017.

Segundo a ANP, a produção média de petróleo da Petrobras, como concessionária, em fevereiro foi de aproximadamente de 1,971 milhão de bpd.

Já a Shell , segunda maior produtora do Brasil e principal parceira da Petrobras nos campos produtores do pré-sal, produziu em fevereiro 332,579 mil bpd.

Basta cavar para achar petróleo?

UOL Notícias

Mais Economia