ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Rumo espera alta de 20% em Ebitda de 2018 com apoio de safra

03/04/2018 17h10

SÃO PAULO (Reuters) - A safra agrícola de 2017/18 deve permitir um crescimento de 20 por cento do lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da Rumo este ano, afirmou nesta terça-feira o presidente-executivo da empresa, Julio Fontana.

"Fizemos em 2017 um pouco acima do projetado em orçamento e a safra deste ano indica por enquanto que não teremos problemas para realizar esse crescimento esperado de 20 por cento", afirmou o executivo em evento de investimentos promovido pelo Bradesco BBI, em São Paulo.

De acordo com Fontana, a meta Rumo é ampliar sua participação no volume de grãos movimentado nos portos para 70 por cento, apoiada principalmente no avanço das safras. Atualmente, a companhia responde por 53 por cento dos volumes no porto de Santos e 25 a 30 por cento em Paranaguá (PR). Em açúcar, a participação da empresa gira em torno de 15 e 92 por cento, respectivamente, disse Fontana.

Perguntado sobre o interesse da Rumo na concessão da ferrovia Norte-Sul, o presidente da companhia afirmou que a empresa aguarda a publicação do edital definitivo.

"Nós, como maior ferrovia do Brasil, temos obrigação de estudar todos os projetos ferroviários que venham a acontecer", comentou, lembrando que o edital passado continha erros nas projeções. "Esperamos que com as audiências públicas realizadas algumas coisas tenham sido corrigidas no edital", acrescentou.

Em relação à prorrogação de concessões da Malha Paulista, o presidente da Rumo disse que a companhia sequer trabalha com a hipótese de que não sejam renovadas.

"Se o governo prorrogar as concessões ferroviárias nos próximos cinco anos e mais alguns projetos 'greenfield', o modal ferroviário passará de 15 para 31 por cento e vamos mais que dobrar nosso transporte nos próximos cinco anos", afirmou Fontana.

(Por Gabriela Mello)

Mais Economia