ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Confira reações à decretação da prisão de Lula

05/04/2018 18h59

BRASÍLIA (Reuters) - O juiz federal Sérgio Moro determinou nesta quinta-feira a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do tríplex no Guarujá, litoral de São Paulo.

O ex-presidente foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Confira, a seguir, reações de parlamentares e políticos:

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO E PRÉ-CANDIDATO DO PSDB À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA:

"É lamentável ver a decretação da prisão de um ex-presidente, mas tenho a convicção de que isso simboliza uma importante mudança que vem ocorrendo no Brasil: o fim da impunidade. A lei vale para todos."

CIRO GOMES, PRÉ-CANDIDATO DO PDT À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA:

"Estou acompanhando com muita tristeza tudo que está acontecendo com o ex-presidente e meu amigo Luiz Inácio Lula da Silva. Por mim, e por muitos brasileiros, especialmente os mais pobres, por quem ele tanto fez. Espero que os próximos recursos possam prontamente quanto possível estabelecer sua liberdade."

RODRIGO MAIA, PRESIDENTE DA CÂMARA E PRÉ-CANDIDATO DO DEM À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA:

"Aqueles que têm responsabilidade pública, em qualquer nação, não podem celebrar a ordem de prisão de um ex-presidente da República."

"No entanto, o mandado de prisão decorreu de um processo submetido à mais alta Corte do Poder Judiciário, em que foi respeitado o amplo direito de defesa."

GUILHERME BOULOS, PRÉ-CANDIDATO DO PROL À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA:

"Contra Temer há malas e gravações comprometedoras e ele está no Palácio. Contra Aécio há pedido de dinheiro para Joesley, que o país todo ouviu, e ele está no Senado. Contra Lula não há gravação, nem mala, nem conta. Nenhuma prova. E foi determinada sua prisão."

MARINA SILVA, PRÉ-CANDIDATA DA REDE À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA:

"A prisão de um ex-presidente é um acontecimento triste em qualquer país. No entanto, numa democracia, as decisões da Justiça devem ser respeitadas por todos e aplicadas igualmente para todos. Os que ainda não foram alcançados pela Justiça é porque estão escondidos sob o manto da impunidade do foro privilegiado."

MANUELA D'ÁVILA, PRÉ-CANDIDATA DO PCDOB À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA:

"Seguimos juntos, Lula! O Brasil vale a luta! #LulaValeALuta"

GLEISI HOFFMANN, SENADORA E PRESIDENTE NACIONAL DO PT:

"Violência sem precedentes na nossa história democrática. Um juiz armado de ódio e de rancor, sem provas e com um processo sem crime, expede mandado de prisão para Lula, antes de se esgotarem os prazos de recurso. Prisão política, que reedita os tempos da ditadura."

DARCÍSIO PERONDI (MDB), VICE-LÍDER DO GOVERNO NA CÂMARA:

"A prisão do Lula mostra que a justiça é para todos. E que a impunidade no país está caindo fortemente. É um novo momento ético e moral que o país vive. Viva o Brasil."

PAULO PIMENTA, LÍDER DO PT NA CÂMARA:

"Lula é inocente, Lula será nosso presidente. Nós não reconhecemos, não aceitamos, consideramos um abuso e não vamos permitir que isso seja naturalizado como algo aceitável porque está em desacordo com a nossa Constituição."

"Isso se constitui em uma enorme violência institucional... contra a mais importante liderança popular deste país."

RODRIGO GARCIA (SP), LÍDER DO DEM NA CÂMARA DOS DEPUTADOS:

"A decisão do juiz Sérgio Moro segue a lei. Nós estamos num Estado Democrático de Direito. O ex-presidente Lula teve direito à sua defesa, usou todos os recursos estabelecidos no Código Penal e foi condenado. Por isso espero que ele se apresente conforme a determinação do juiz Sérgio Moro."

HUMBERTO COSTA (PT), LÍDER DA MINORIA NO SENADO:

"Esse mandado de prisão expedido de forma absolutamente açodada é mais um declarado abuso nessa caçada política implacável contra Lula. É um escândalo, que envergonha o Brasil."

ROBERTO JEFFERSON, PRESIDENTE NACIONAL DO PTB:

"Moro ainda foi bonzinho. Nem mandou algum japonês bater na porta de Lula às 6h da manhã."

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia