Bolsas

Câmbio

Demanda e oferta da Gol estacionam em março após avanço forte no início do ano

SÃO PAULO (Reuters) - A companhia aérea Gol informou nesta quinta-feira que a demanda e a oferta total da empresa ficaram praticamente estáveis em março no comparativo anual, depois de dois meses de forte expansão.

Segundo a empresa, a demanda de passageiros por voos domésticos e internacionais subiu 0,7 por cento em março sobre um ano antes enquanto a oferta recuou 0,9 por cento.

No trimestre, a demanda da Gol subiu 4,4 por cento, enquanto a oferta avançou 3,3 por cento.

Em janeiro, a demanda por voos da Gol tinha subido 5,2 por cento sobre o mesmo mês do ano passado e em fevereiro o crescimento havia sido de 6,2 por cento. A oferta nos dois primeiros meses deste ano tinha avançado 4,9 e 5,3 por cento, respectivamente.

Às 10h41, as ações da Gol subiam 3,4 por cento, enquanto o Ibovespa tinha valorização de 1,58 por cento.

No mercado doméstico, a demanda da Gol em março recuou 0,9 por cento e a oferta caiu 3 por cento. Com isso, no trimestre, a demanda doméstica acumulou crescimento de 2,2 por cento e a oferta teve oscilação positiva de 0,8 por cento, também na comparação anual. A taxa de ocupação de aeronaves de janeiro a março nos voos domésticos subiu um ponto percentual, para 80,6 por cento.

No segmento internacional, a Gol teve em março expansão de 12,9 por cento na demanda e de 15,9 por cento na oferta, em meio à ampliação dos serviços da companhia fora do país. No trimestre, a demanda por voos internacionais da empresa subiu 22,9 por cento e oferta avançou 23,5 por cento na comparação anual, resultando na queda de 0,5 ponto na taxa de ocupação, para 78,9 por cento.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos