Bolsas

Câmbio

ENTREVISTA-Catar diz que é cedo para encerrar pacto de petróleo; ressalta baixo investimento

Por Dmitry Zhdannikov e ghaida ghantous

DOHA (Reuters) - A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e seus aliados devem manter os cortes de oferta de petróleo para garantir níveis saudáveis ​​de preços, o que permitirá aumentar o investimento no setor e ajudar a evitar um choque de oferta e de preços no longo prazo, disse o Catar, integrante do cartel.

O ministro de Energia do Catar, Mohammed al-Sada, disse à Reuters que também apoia a ideia de criar uma plataforma permanente para a cooperação da Opep com a Rússia, mesmo após o término do atual pacto de cortes de fornecimento de petróleo.

"Há uma recuperação clara nos preços do petróleo. Mas isso não gerou um aumento nos investimentos... O investimento tem sido muito baixo. Minha preocupação é que a demanda de médio a longo prazo seja satisfeita confortavelmente", disse Sada em entrevista.

"Os investidores ainda estão cautelosos e muito conservadores."

Sada disse que a demanda global por petróleo deve aumentar em pelo menos 1,5 milhão de barris por dia neste ano, ou em 1,5 por cento.

Mas o ritmo de investimentos globais em petróleo, de cerca de 400 bilhões de dólares, ainda é baixo demais para garantir o nível de aporte necessário para substituir a produção de campos maduros e o lançamento de novos projetos.

"Vejo a necessidade de manter o ímpeto (de cooperação da Opep)... Precisamos restaurar os investimentos. Pode levar meses... A Opep poderia começar a se preocupar com o excesso de aperto (no mercado)."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos