Bolsas

Câmbio

Petroleiras dos EUA adicionam sondas pela terceira semana em quatro, diz Baker Hughes

(Reuters) - As companhias de petróleo dos Estados Unidos colocaram novas sondas de petróleo em operação pela terceira vez em quatro semanas, mesmo com os preços caindo de uma máxima de três anos atingida no início do ano, em meio a preocupações sobre uma guerra comercial entre os EUA e a China.

As petroleiras acrescentaram 11 sondas de petróleo na semana até 6 de abril, trazendo a contagem total para 808, mais alto nível desde março de 2015, disse a empresa de serviços energéticos Baker Hughes, da General Electric, em seu esperado relatório semanal divulgado nesta sexta-feira.

Esse foi o maior aumento semanal no número de sondas em quase dois anos.

A contagem de sondas dos EUA, um indicador prévio da produção futura, está muito maior do que há um ano atrás, quando 672 sondas estavam ativas. As companhias de energia têm aumentado constantemente os investimentos desde meados de 2016, quando os preços do petróleo começaram a se recuperar de uma crise de dois anos.

Os futuros do petróleo dos EUA foram negociados por volta de 62,30 dólares o barril nesta sexta-feira, se afastando da máxima de três anos de 66,66 dólares alcançada no fim de janeiro, porém acima da média de 50,85 dólares de 2017 e dos 43,47 dólares em 2016.

(Por Vijaykumar Vedala)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos