Bolsas

Câmbio

BNDES precisa dar "corpo e velocidade" para projetos de transformação do banco, diz novo presidente

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O novo presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Dyogo Oliveira, afirmou nesta segunda-feira que o banco de fomento precisar dar "corpo e velocidade" para suas iniciativas de transformação em direção a uma instituição promotora do mercado de capitais de longo prazo no país.

"No passado, o BNDES era quase o único financiador de infraestrutura. Isso não é mais assim, o sistema financeiro fornece alternativas, mas elas ainda não atendem plenamente essas finalidades", disse Oliveira, que até a semana passada era ministro do Planejamento.

"Na era dos juros baixos, os fundos de pensão...seguradoras, gestores de ativos...estão ávidos por oportunidades de rentabilidade um pouco acima dos títulos públicos e nesse novo cenário o BNDES será ainda mais forte, mais ágil, mais flexível", disse Oliveira, que substitui Paulo Rabello de Castro.

"BNDES será promotor do mercado financeiro de capitais de longo prazo, temos que estar ao lado do mercado, não há motivo para haver competição com o mercado pelos mesmos projetos", disse o novo presidente do banco em discurso durante cerimônia de transmissão do cargo.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos