Bolsas

Câmbio

Plano estratégico do BNDES será revisto, diz novo presidente

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O recém lançado plano estratégico do BNDES passará por uma revisão, disse o novo presidente do banco, Dyogo Oliveira, nesta segunda-feira. Essa revisão vai indicar novas metas e diretrizes para o banco nos próximos oito meses de sua gestão.

O banco pretendia, por exemplo, emprestar cerca de 80 bilhões de reais este ano, depois de financiar aproximadamente 70 bilhões em 2017, um dos piores resultados dos últimos anos.

"Não estabelecemos meta para desembolso e as metas não foram alteradas.... de início estou mantendo o plano estratégico que já foi feito, mas estou fazendo uma revisão para novas metas e direcionamento para o banco", afirmou o novo presidente do BNDES.

Ele garantiu que sua gestão não sofrerá influência político-eleitoral, embora sua posse nesta segunda-feira tenha contado com a presença de uma série de ministros, políticos e do presidente Michel Temer.

Oliveira acrescentou que por enquanto pretende manter a diretoria do BNDES, mas alterações não foram descartadas no futuro. "Pedi aos diretores que permaneçam trabalhando normalmente até a gente fazer uma avaliação mais detalhada", disse o novo presidente do banco.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos