Bolsas

Câmbio

Dólar sobe e volta a R$3,40 com preço atraindo compradores

Por Claudia Violante

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar tentou manter nesta quinta-feira a trajetória de baixa ante o real das duas últimas sessões ajudado pelo tom mais ameno do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre um ataque à Siria, mas, ao se reaproximar dos 3,35 reais, investidores foram às compras e a moeda norte-americana recuperou o nível de 3,40 reais.

O dólar avançou 0,63 por cento, a 3,4080 reais na venda. Na véspera, a moeda havia recuado 0,73 por cento, para 3,3866 reais. O dólar futuro tinha alta de cerca de 0,95 por cento.

"Com a queda..., devedores estão se aproveitando para pagar compromissos internacionais", justificou a Fair Corretora em relatório.

Depois de ter prometido uma ação rápida e decisiva contra a Síria após relatos de possível ataque com gás venenoso que matou dezenas de pessoas, o presidente dos EUA, Donald Trump, disse nesta quinta-feira que o ataque contra a Síria poderia ocorrer "muito em breve ou nem tão logo assim".

No exterior, o dólar tinha alta ante a cesta de moedas, mas caía ante a maioria das divisas de países emergentes, como os pesos chileno e mexicano.

Internamente, a cena política local seguiu no horizonte dos agentes, diante de um quadro eleitoral ainda bastante incerto.

O Banco Central vendeu todo o lote de 3,4 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, rolando 680 milhões de dólares do total de 2,565 bilhões de dólares que vencem em maio.

Se mantiver esse volume de vendas, o BC rolará o valor total dos swaps que vencem no próximo mês.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos