ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Bolsas nos EUA sobem por otimismo com renegociação do Nafta e comércio com China

01/05/2018 19h21

NOVA YORK (Reuters) - O índice acionário norte-americano S&P 500 subiu nesta terça-feira, depois que comentários de uma autoridade do governo do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre comércio com a China e do ministro da Economia mexicano sobre a renegociação do Tratado de Livre Comércio da América do Norte geraram otimismo.

O Dow Jones Industrial Average caiu 0,27 por cento, para 24.099 pontos, o S&P 500 avançou 0,25 por cento, para 2.654 pontos e o Nasdaq Composite subiu 0,91 por cento, a 7.130 pontos.

O ministro da Economia mexicano, Ildefonso Guajardo, disse que seu país responderá às propostas norte-americanas sobre regras para automóveis no Nafta na próxima semana e que um acordo é provável se os negociadores mostrarem criatividade e flexibilidade suficientes.

Mais cedo, as ações se recuperaram das mínimos do dia, depois que o representante de Comércio dos EUA, Robert Lighthizer, disse que não deseja mudar o sistema econômico da China, mas quer limitar os danos aos Estados Unidos e estimular mais a concorrência estrangeira.

As notícias encorajadoras sobre o comércio equilibraram as preocupações com a inflação, que levou à queda das ações no

início da sessão.

"Há um certo nível de medo que se infiltrou neste mercado", disse Tim Ghriskey, estrategista-chefe de investimentos da Inverness Counsel em Nova York. "Mas há pontos de vista positivos no comércio".

Apesar dos ligeiros ganhos de terça-feira, os investidores dizem que continuam preocupados com os alertas de empresas sobre os custos, mesmo com a atual temporada de lucros, que já passou da metade do caminho, ter produzido o maior crescimento de lucro em sete anos.

Os custos crescentes alimentaram temores de que o Federal Reserve, o banco central dos EUA, aumentará as taxas de juros mais vezes do que o esperado este ano. O Fed deve divulgar sua declaração de política na quarta-feira, no encerramento de uma reunião de dois dias. Espera-se que mantenha as taxas de juros no atual patamar, mas provavelmente encorajará as expectativas de que aumentará as taxas em junho.

As ações da Pfizer Inc caíram 3,3 por cento, a maior queda percentual no índice Dow Jones, depois que a companhia não conseguiu atingir as expectativas de receita, já que a demanda por medicamentos-chave ficou aquém das estimativas.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia