Bolsas

Câmbio

Crescimento da indústria da China acelera em abril mas encomendas externas encolhem, mostra PMI do Caixin

PEQUIM (Reuters) - O crescimento do setor industrial da China acelerou inesperadamente em abril uma vez que a produção aumentou ligeiramente, mostrou nesta quarta-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês), embora a queda nas encomendas para exportações reforce os riscos para as perspectivas.

O PMI de indústria do Caixin/Markit subiu para 51,1 em abril da mínima de quatro meses de 51,0 em março, e superou a expectativa de economistas em pesquisa da Reuters de desaceleração para 50,9.

Embora a produção tenha avançado em um ritmo ligeiramente mais rápido e o resultado final do PMI tenha permanecido acima da marca de 50 que separa crescimento de contração, o ritmo de aceleração foi modesto.

De particular preocupação foi o subíndice de encomendas para exportação, que encolheu pela primeira vez desde novembro de 2016. As vendas externas fracas também apareceram no PMI oficial, que mostrou que as exportações enfraqueceram no mês passado, um sinal preocupante dados os crescentes riscos ao setor comercial devido à disputa entre China e EUA.

No geral, o otimismo entre os empresários da indústria chinesa caiu para a mínima de quatro meses em abril, com algumas empresas citando preocupações com as condições futuras de mercados e a força da demanda global.

(Reportagem de Stella Qiu e Ryan Woo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos