Bolsas

Câmbio

Lucro da Ultrapar cai quase 80% no 1º trimestre

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo Ultrapar viu seu lucro desabar quase 80 por cento no primeiro trimestre, refletindo o mix de resultado operacional mais fraco na maioria das linhas de negócios, além de uma multa milionária pelo fracasso na compra da Liquigás.

O grupo, que inclui postos de combustíveis, gás de cozinha, químicos e drogarias, anunciou nesta quarta-feira um lucro líquido de 72,9 milhões de reais no primeiro trimestre, uma queda de 79,4 por cento ante igual período de 2017.

A receita operacional ainda subiu 12 por cento no comparativo anual, para 20,75 bilhões de reais. Mas o desempenho operacional medido pelo lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês), foi de 794 milhões de reais, queda de 12 por cento contra um ano antes.

"O trimestre apresentou-se mais desafiador do que o esperado com os nossos mercados apresentando crescimento mais lento", afirmou a Ultrapar no relatório de resultados.

Isso sem contar que a companhia ainda teve uma despesa extra de 286 milhões de reais, referente a uma multa pelo fracasso na tentativa de sua subsidiária Ultragaz de comprar a Liquigás, da Petrobras . A proposta foi vetada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em fevereiro.

Por linhas de negócios, a rede de postos de combustíveis Ipiranga, a mais importante do grupo, teve queda anual de 15 por cento no Ebitda, com os custos subindo mais do que as receitas.

Na divisão de químicos Oxiteno, a queda do Ebitda foi ainda maior, de 54 por cento, também refletindo maiores despesas. Na Ultragaz, a multa mencionada acima fez a divisão ter Ebitda negativo de 170 milhões de reais, contra 113 milhões positivos um ano antes.

Na ponta contrária, a Ultracargo, de armazenagem de granéis líquidos, teve um Ebitda 87 por cento maior, mas com efeito bastante limitado no resultado global. Por fim, a rede de farmácias Extrafarma manteve Ebitda praticamente nulo, dado o foco da divisão em crescimento.

(Por Aluísio Alves)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos