Bolsas

Câmbio

Adesão da Rússia ao acordo da Opep e aliados ficou em 95% em abril, diz ministro

MOSCOU (Reuters) - A adesão da Rússia a um acordo internacional para reduzir a produção de petróleo ficou em 95,2 por cento em abril, disse o ministro da Energia russo, Alexander Novak, nesta quinta-feira.

"A Rússia está totalmente comprometida em trazer equilíbrio para o mercado de petróleo e limitar os fatores que trazem volatilidade da produção", disse a Novak, em comunicado, sem entrar em detalhes.

A produção de petróleo da Rússia ficou em 10,97 milhões de barris por dia em abril, inalterada em relação à máxima de 11 meses em março e acima da meta estabelecida em um acordo com a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e outros países para reduzir a produção, mostraram dados divulgados na quarta-feira.

(Reportagem de Katya Golubkova)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos