Bolsas

Câmbio

Ex-secretário de energia Fábio Alves será presidente da Chesf, da Eletrobras, dizem fontes

Por Luciano Costa

SÃO PAULO (Reuters) - O ex-secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia Fábio Lopes Alves será nomeado como novo presidente da Chesf, subsidiária da estatal Eletrobras na região Nordeste, disseram à Reuters duas fontes com conhecimento do assunto nesta quinta-feira.

Alves foi exonerado do cargo no ministério a partir de 2 de maio, segundo publicação da pasta no Diário Oficial da União desta quinta-feira. O engenheiro, que teve passagens pela elétrica Celpe, de Pernambuco, e pela própria Chesf, havia sido nomeado em maio de 2016.

A saída do secretário acontece após a mudança no comando da pasta, agora chefiada pelo ministro Moreira Franco (MDB-RJ). Ele substituiu Coelho Filho, que entregou o cargo porque pretende disputar eleições.

A definição de Alves como presidente da Chesf deverá ser divulgada ainda nesta quinta-feira, segundo uma das fontes, que falou sob a condição de anonimato.

A Chesf é a maior geradora do Brasil, com mais de 10 gigawatts em capacidade instalada, segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A empresa também tem presença relevante no segmento de transmissão de eletricidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos