ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Wall Street sobe com queda nos temores sobre inflação; Apple atinge máxima recorde

Por April Joyner

04/05/2018 18h50

NOVA YORK (Reuters) - Os três principais índices acionários dos Estados Unidos subiram mais de 1% nesta sexta-feira (4), depois que o aumento abaixo do esperado dos salários nos EUA ajudou a acalmar os temores sobre aumentos de juros e inflação, embora o S&P 500 e o Dow ainda tenham registrado perdas na semana.

O índice Dow Jones subiu 1,39%, a 24.263 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 1,28%, a 2.663 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 1,71%, a 7.210 pontos.

A Apple forneceu o maior impulso ao saltar para a máxima de US$ 84,25  durante a sessão, depois que a Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, divulgou que aumentou sua participação na fabricante do iPhone.

As ações da Apple encerraram a sessão desta sexta-feira em alta de 3,9%, a US$ 183,83. As ações da empresa tiveram o maior ganho percentual semanal desde outubro de 2011.

Os mercados acionários caíram depois que o Departamento do Trabalho informou que a taxa de desemprego nos EUA caiu para uma baixa de 17 anos e meio de 3,9%.

O S&P 500 bateu sua média móvel de 200 dias, um nível técnico que indica a tendência de longo prazo.

As ações dos EUA subiram com o avanço da sessão. Os investidores disseram que a baixa taxa de desemprego, que por si só pode apontar para uma pressão inflacionária nos salários, foi contrabalançada pelo simples aumento de 0,1% na renda em abril, valor abaixo das expectativas.

"É uma circunstância bastante feliz em que nos encontramos", disse Jamie Cox, sócio-gerente do Harris Financial Group. "Todo mundo que quer tem um emprego e nós não temos a parte negativa disso, que é a parte da inflação."

(Por Sruthi Shankar e Savio D'Souza em Bangalore)

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia