ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Wall Street reduz perdas depois que Trump encerra acordo com o Irã

Por Noel Randewich

08/05/2018 18h42

NOVA YORK (Reuters) - Wall Street reduziu as perdas para fechar estável nesta terça-feira (8), ao mesmo tempo em que as ações de energia se recuperaram depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que os EUA deixariam o acordo nuclear com o Irã, confirmando o que muitos investidores esperavam.

O índice Dow Jones subiu 0,01%, a 24.360 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,03%, a 2.672 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,02%, a 7.267 pontos.

Em um discurso na televisão, Trump disse que os Estados Unidos se retirariam de um acordo internacional de 2015 destinado a negar a Teerã a capacidade de construir armas nucleares, e também restabelecer sanções ao Irã.

O setor de energia da S&P apagou as perdas anteriores para encerrar o dia com alta de 0,78%, uma vez que os preços do petróleo reduziram as quedas anteriores nas apostas de que as sanções iriam prejudicar o fornecimento global de petróleo bruto.

"Você viu um voo modesto para a qualidade, embora não tenha sido grande", disse Brian Daingerfield, estrategista de macro da NatWest Markets. "Ainda há um pouco de incerteza sobre o futuro do acordo, mesmo agora que os EUA deixaram suas intenções claras."

A decisão de deixar o acordo com o Irã provavelmente aumentará o risco de conflito no Oriente Médio, incomodará os aliados europeus e interromperá o fornecimento global de petróleo. Trump disse que está disposto a negociar um novo acordo com o Irã.

"Ele não fechou a porta e os evitou. Ele quer um novo contrato. A porta está aberta para tentar novamente, o que provavelmente é menos severo do que o que ele poderia ter dito", disse Brian Battle, diretor de operações da Performance Trust Capital Partners.

Perto do final da sessão, o mercado de ações praticamente eliminou as perdas.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia