Bolsas

Câmbio

Mercados acionários da China têm leve queda pressionado pelo setor financeiro

XANGAI (Reuters) - Os mercados acionários da China recuaram nesta quarta-feira, uma vez que as perdas em ações dos setores financeiro e imobiliário superaram os ganhos em energia.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,18 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,08 por cento.

O subíndice do setor financeiro recuou 0,35 por cento, o de consumo teve queda de 0,41 por cento, o setor imobiliário caiu 0,95 por cento, enquanto o subíndice de saúde avançou 0,26 por cento.

No restante da região, as novas sanções dos Estados Unidos contra Teerã, que foram consideradas como prejudiciais para muitas empresas que têm acordos com o Irã, pesaram sobre os mercados asiáticos.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, retirou na terça-feira o país de um acordo nuclear internacional com o Irã, aumentando o risco de conflitos no Oriente Médio, irritando aliados europeus e lançando incerteza sobre o fornecimento mundial de petróleo.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha ganho de 0,03 por cento às 7:44 (horário de Brasília).

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,44 por cento, a 22.408 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,44 por cento, a 30.536 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,08 por cento, a 3.158 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,18 por cento, a 3.871 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,24 por cento, a 2.443 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,11 por cento, a 10.703 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,15 por cento, a 3.548 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,26 por cento, a 6.108 pontos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos