ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

CCR tem alta de 36% no lucro do 1ºtrimestre

10/05/2018 20h40

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa de concessões de infraestrutura CCR teve lucro líquido de 446,8 milhões de reais no primeiro trimestre, avanço de 35,8 por cento ante mesmo período de 2017.

O resultado operacional da companhia medido pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, na sigla em inglês) ajustado foi de 1,2 bilhão de reais, expansão de 17 por cento na comparação anual.

Em termos ajustados, o lucro líquido da CCR subiu 32 por cento e o Ebitda avançou 9,3 por cento.

O desempenho foi ajudado por uma melhora significativa no resultado financeiro em meio a queda dos juros da economia. O resultado financeiro negativo se reduziu de 350,9 milhões de reais para 186,7 milhões, em meio a uma queda de 47 por cento nas despesas com juros de empréstimos e outros financiamentos.

A receita líquida da CCR cresceu 14,7 por cento no primeiro trimestre sobre um ano antes, para 1,94 bilhão de reais, em meio a um crescimento de 2,3 por cento no tráfego de veículos pelas rodovias administradas pela empresa e expansão de 5,8 por cento no total de passageiros embarcados no aeroporto de Confins (MG), aliada a aumento das tarifas.

Já os custos totais caíram 7,4 por cento, para 1,57 bilhão de reais, em meio a um recuo de 35,6 por cento nas despesas com construção.

A empresa, que atua em concessões de rodovias, metrô e aeroportuárias, fechou março com dívida líquida de 11,85 bilhões de reais, praticamente estável sobre o mesmo período do ano passado. A relação dívida líquida sobre Ebitda foi de 2,2 vezes ante 2,3 vezes no final de 2017. A CCR afirmou que excluindo efeitos não-recorrentes de compras de participações em concessões, a alavancagem em março de 2018 foi de 2,5 vezes.

A CCR estima investir em 2018 cerca de 2,4 bilhões de reais, ante 3,130 bilhões em 2017. Do total a ser investido este ano, 596 milhões no metrô de Salvador e 473 milhões na concessionária rodoviária RodoNorte, no Paraná.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia