Topo

BRF estuda opções após UE publicar lista de proibições de unidades no Brasil

14/05/2018 19h02

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa de alimentos BRF afirmou nesta segunda-feira que está estudando alternativas para reequilibrar o nível de oferta após a União Europeia ter publicado que proibirá a importação de carnes de várias unidades da empresa no Brasil.

A Reuters publicou mais cedo que a UE publicou a decisão de abril de proibir importações de produtos de carne, especialmente aves, de 20 fábricas brasileiras que eram autorizadas a exportar ao bloco europeu, sendo 12 unidades da BRF, em um desdobramento do escândalo gerado pela operação Carne Fraca.

(Por Aluísio Alves)

Mais Economia