Bolsas

Câmbio

China amplia inspeção sobre exportações de carne suína dos EUA

PEQUIM (Reuters) - A alfândega da China confirmou nesta segunda-feira que Pequim ampliou inspeções sobre exportações de carne suína dos Estados Unidos, conforme comunicado, confirmando informação publicada pela Reuters na semana passada.

Segundo o texto, a decisão foi tomada após o país ter encontrado problemas recentes em importações de carne suína dos EUA.

A alfândega não decidiu implementar passos adicionais sobre outros produtos agrícolas dos EUA e dá tratamento igual à inspeção de produtos agrícolas de todos os países, afirma o comunicado.

Segundo reportagem da Reuters na semana passada, as medidas tomadas pela China atingiram também a chinesa WH Group, maior companhia de carne suína do mundo e controladora da Smithfield Foods nos EUA.

Luis Chein, um diretor na WH Group, afirmou na ocasião à Reuters que os portos chineses estão abrindo e inspecionando cada carga que chega ao país. A WH Group é a maior importadora chinesa de carne suína dos EUA.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos