Bolsas

Câmbio

Mester, do Fed, reitera defesa a altas graduais dos juros nos EUA

Por Lindsay Dunsmuir

(Reuters) - O Federal Reserve deveria continuar com sua postura gradual em relação à alta da taxa de juros já que a inflação ainda não alcançou a meta de 2 por cento do banco central dos Estados Unidos de maneira sustentada, afirmou nesta segunda-feira a presidente do Fed de Cleveland, Loretta Mester.

"Na minha opinião, o cenário de médio prazo sustenta e retirada gradual contínua da política monetária expansionista; parece ser a melhor estratégia para equilibrar os riscos a ambas as nossas metas e para evitar o aumento dos riscos à estabilidade financeira", disse Mester em declarações preparadas para discurso em Paris.

Mester disse não esperar que a inflação acelere com força, acrescentando que embora ela esteja perto da meta do Fed de 2 por cento, ela só alcançará esse nível de maneira sustentável ao longo do próximo ano ou dois.

"Queremos dar à inflação tempo para voltar à meta...isso vai contra uma trajetória acentuada", disse ela.

O Fed decidiu por unanimidade elevar os custos dos empréstimos em sua reunião de março e prevê mais duas altas dos juros para este ano, embora um número cada vez maior de autoridades veja três como uma possibilidade.

Os membros do Fed elevaram os juros três vezes no ano passado. A taxa de juros do Fed está agora na faixa entre 1,50 e 1,75 por cento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos