Bolsas

Câmbio

EUA "buscam acordo" com China em comércio, diz assessor da Casa Branca

Por Susan Heavey e Leika Kihara

WASHINGTON/TÓQUIO (Reuters) - Os Estados Unidos querem fechar um acordo comercial com a China, disse nesta terça-feira o assessor econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, enquanto conversas bilaterais entre as duas potências econômicas mundiais estão sendo retomadas em Washington nesta semana.

Kudlow, falando em entrevista ao Politico, disse que apoia os esforços do secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, para chegar a um acordo com Pequim e que ambos os países devem agir.

"Ele está procurando um acordo, eu o apoio nisso, sinceramente, supondo que seja um bom negócio", disse Kudlow, acrescentando que nenhum acordo foi alcançado ainda.

"Ambos os lados deveriam tentar reduzir as tarifas o máximo possível ... e derrubar as barreiras não-tarifárias onde quer que estejam", disse ele ao Politico. "Comércio livre e aberto, acho que essa é a solução. Acho que é onde estamos como um grupo".

As declarações dele foram dadas no momento em que as principais autoridades econômicas e comerciais norte-americanas se preparam para se encontrar com o vice-premiê chinês, Liu He, para discutir preocupações comerciais que vão desde proteção de propriedade intelectual até produtos agrícolas e capacidade siderúrgica.

(Por Susan Heavey e Leika Kihara)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos