ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Ibovespa fecha em alta seguindo bolsas no exterior e com alta de blue chips

16/05/2018 17h38

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa brasileira fechou em alta nesta quarta-feira, com o Ibovespa acima dos 86 mil pontos, seguindo o viés positivo de praças acionárias no exterior, com as ações de Vale e Petrobras entre as maiores contribuições positivas.

O principal índice do mercado acionário doméstico encerrou o pregão com elevação de 1,65 por cento, a 86.536 pontos, maior patamar desde meados de março. O volume financeiro do pregão somou 11,9 bilhões de reais.

A sessão na bolsa também foi marcada pelo vencimento mensal dos contratos de opções sobre o Ibovespa.

"No exterior, o cenário ainda é mais positivo para os ativos de risco", destacou a equipe da a Guide Investimentos, em nota a clientes, destacando o desempenho das bolsas nos Estados Unidos e na Europa.

O índice MSCI para ações de mercados emergentes tinha alta de 0,5 por cento no final da tarde.

O analista-chefe da Rico Investimentos, Roberto Indech, também destacou o desempenho das ações de empresas de varejo na bolsa local, atrelando o movimento a expectativas relacionadas à decisão de juros do Banco Central ainda nesta quarta-feira.

O Comitê de Política Monetária (Copom) anuncia sua decisão sobre a Selic a partir das 18h. A expectativa majoritária é de que a equipe de Ilan Goldfajn reduza a taxa para 6,25 por cento ao ano.

Indech disse que o mercado chegou a ter dúvida sobre mais um corte, mas após a divulgação do IBC-Br o mercado voltou a apostar mais na redução de 0,25 ponto percentual.

DESTAQUES

- PETROBRAS ON e PETROBRAS PN subiram 2,33 e 2,24 por cento, em meio à alta dos preços do petróleo e expectativas relacionadas ao acordo sobre a cessão onerosa.

- VALE avançou 2,29 por cento, favorecida pela alta do preço do minério de ferro à vista na China.

- ITAÚ UNIBANCO PN subiu 1,74 por cento, em sessão positiva para o setor bancário como um todo após perdas na véspera. BRADESCO PN, que também tem peso relevante no Ibovespa, valorizou-se 1,62 por cento.

- ESTÁCIO saltou 10 por cento, em movimento de correção após fortes perdas recentes. Desde a divulgação do balanço no final de abril até a véspera, a ação acumulava recuo de quase 30 por cento.

- VIA VAREJO UNIT subiu 7,07 por cento e MAGAZINE LUIZA avançou 5,39 por cento, tendo de pano de fundo expectativa de nova redução na taxa básica de juros no país ainda nesta quarta-feira.

- CEMIG PN subiu 2,94 por cento, tendo no radar resultado do primeiro trimestre da estatal mineira de eletricidade, com lucro líquido de 464,6 milhões de reais, alta de 35,6 por cento ante o mesmo período de 2017.

- ELETROBRAS PNB e ELETROBRAS ON cederam 2,16 e 0,32 por cento, respectivamente, com balanço do primeiro trimestre também de pano de fundo, que mostrou lucro líquido de 56 milhões de reais, queda de 96 por cento sobre o mesmo período do ano passado. Ainda, o presidente da companhia, Wilson Ferreira, disse que o projeto de lei sobre privatização da Eletrobras pode ser aprovado em 75 dias.

Mais Economia