Bolsas

Câmbio

EXCLUSIVO-BP vê "shale" dos EUA e produção da Opep segurando mercados de petróleo

Por Ron Bousso e Dmitry Zhdannikov

LONDRES (Reuters) - O CEO da BP, Bob Dudley, espera uma inundação de "shale" dos Estados Unidos e uma maior produção da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para segurar o mercado depois que o petróleo subiu acima de 80 dólares por barril nesta semana.

A decisão do presidente norte-americano, Donald Trump, de deixar um acordo nuclear internacional com o Irã e retomar as sanções ao país-membro da Opep, bem como a queda de produção na Venezuela, ajudaram a elevar os preços do petróleo a máximas desde 2014.

Mas a BP vê o petróleo caindo para entre 50 e 65 dólares o barril devido à crescente produção de "shale" e à capacidade da Opep de aumentar a produção, disse Dudley à Reuters.

"Claramente, a retirada dos EUA do acordo nuclear do Irã trouxe muita incerteza ao mercado", disse ele em uma entrevista.

(Por Ron Bousso e Dmitry Zhdannikov)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos