ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Protestos param 107 frigoríficos; setor deixa de exportar 40 mil t de carne bovina

29/05/2018 10h12

SÃO PAULO (Reuters) - Praticamente todas as unidades produtoras de carne bovina do Brasil estão paradas em decorrência dos protestos de caminhoneiros, e 40 mil toneladas do produto deixaram de ser exportadas até agora, o equivalente a 170 milhões de dólares em receita que deixou de ser gerada, disse a associação da indústria nesta terça-feira.

Conforme a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec), das 109 plantas de produção no país, 107 estão paradas, sendo que as outras duas operam com menos de 50 por cento da capacidade.

Além disso, 3.750 caminhões carregados estão parados nas rodovias do Brasil, a maioria com mais de sete dias na estrada, com cargas perecíveis que incluem carne com osso. Esses produtos devem começar a perder a validade a partir de amanhã (quarta-feira), inviabilizando consumo, perdendo embarques e licenças de exportação, frisou a Abiec.

"Os dados ainda são preliminares e muitos prejuízos ainda não foram contabilizados, mas é certo que somente a cadeia produtiva da pecuária de corte já deixou de movimentar valores da ordem de 8 bilhões a 10 bilhões de reais", acrescentou a associação.

(Por José Roberto Gomes)

Mais Economia