Bolsas

Câmbio

PF realiza operação contra suspeita de locaute em rodovias do Rio Grande do Sul

SÃO PAULO (Reuters) - A Polícia Federal realizou na manhã desta quinta-feira uma operação contra a prática de locaute, quando empresários impedem funcionários de trabalhar, em rodovias do Rio Grande do Sul, informou a PF em nota.

O inquérito que deu origem à operação, chamada de Unlocked, foi aberto na quarta-feira após denúncias e análise de informações colhidas durante a paralisação dos caminhoneiros, segundo a PF.

"A investigação apontou que o administrador de uma grande transportadora estaria ameaçando caminhoneiros para que não realizassem o transporte de cargas, além de obrigar motoristas a desembarcarem dos seus caminhões e os abandonarem em postos de combustíveis", disse a Polícia Federal em comunicado

Mais de 60 policiais cumpriram um mandado de prisão temporária em Xangrilá e três mandados de busca e apreensão nos municípios de Vale Real e Caixas do Sul.

Na terça-feira, o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou que o governo considera que, após atendida as demandas reivindicadas pelos caminhoneiros, como a redução do preço do óleo diesel, a continuidade das paralisações se dava em função de locaute.

Na ocasião, Jungmann citou a investigação da PF e afirmou que "empresários inescrupolosos" irão pagar pelo locaute, incluindo distribuidoras e transportadoras.

(Por Laís Martins, em São Paulo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos