Bolsas

Câmbio

Bancos impulsionam índices acionários europeus conforme acordos voltam ao foco

Por Helen Reid

LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários europeus ampliaram a recuperação nesta segunda-feira, impulsionados por ações bancárias com acordos tomando o foco após uma semana de tensões políticas na Itália e Espanha e atritos comerciais entre os Estados Unidos e seus aliados.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,22 por cento, a 1.518 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,31 por cento, a 388 pontos.

As preocupações dos investidores com o comércio foram ofuscadas por dados muito fortes de empregos nos EUA na sexta-feira.

Na Europa, notícias sobre fusões e aquisições, particularmente no setor financeiro, impulsionaram os maiores movimentos.

O setor bancário chegou a subir 1,3 por cento, depois que o Financial Times informou que o Unicredit e o Société Générale estavam explorando uma fusão que muitos investidores esperam que possa pavimentar o caminho para uma maior consolidação no setor.

O índice, no entanto, reduziu alguns ganhos, já que analistas notaram obstáculos regulatórios a qualquer acordo. As ações do Société Générale subiram 0,7 e do Unicredit caiu 0,8 por cento, depois de reduzir ganhos durante a sessão.

O banco britânico CYBG, no entanto, teve alta de 2,2 por cento depois de ter aumentado sua oferta pelo banco rival Virgin Money em 7 por cento.

As ações do Deutsche Bank subiram 2,5 por cento em seu segundo dia de recuperação de uma mínima recorde na quinta-feira depois que o Federal Reserve, banco central norte-americano, considerou "problemáticas" suas operações nos Estados Unidos.

O índice espanhol teve alta de 1,2 por cento depois que um importante assessor do novo primeiro-ministro Pedro Sanchez rejeitou os pedidos da oposição para eleições antecipadas. Enquanto as ações italianas recuaram 0,5 por cento, revertendo ganhos anteriores com a queda do entusiasmo inicial sobre o país ter evitado nova eleição.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em alta de 0,22 por cento, a 1.517 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,51 por cento, a 7.741 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,37 por cento, a 12.770 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,14 por cento, a 5.472 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,45 por cento, a 22.009 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,22 por cento, a 9.750 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 1,21 por cento, a 5.584 pontos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos