Bolsas

Câmbio

Estoques de combustíveis da China caem com recuo do diesel

PEQUIM (Reuters) - Os estoques de derivados de petróleo na China em abril caíram para o nível mais baixo em três meses, liderados por um declínio nos estoques de diesel, segundo dados da agência oficial de notícias Xinhua News.

Os estoques totais de combustíveis no final de abril caíram 3,6 por cento em relação a março, segundo a Xinhua. Com base nos cálculos da Reuters, usando as variações percentuais, os estoques totais de combustível estavam em 20,67 milhões de toneladas.

Os estoques de diesel em abril caíram 11 por cento em relação a março, segundo a Xinhua. Isso equivale a 9,04 milhões de toneladas, segundo os cálculos da Reuters.

Os estoques de diesel registraram a maior queda mês a mês desde outubro de 2017, quando o consumo de caminhões se recuperou.

Os estoques de gasolina subiram 5 por cento em abril, segundo a Xinhua. De acordo com cálculos da Reuters, o nível chegou a 9,07 milhões de toneladas, um recorde desde que a Xinhua começou a publicar os dados, em 2010.

Os estoques de petróleo subiram 1,3 por cento em abril, disse a Xinhua. Isso equivale a 27,45 milhões de toneladas, segundo os cálculos da Reuters.

(Reportagem de Meng Meng e Aizhu Chen; Edição de Christian Schmollinger)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos