Bolsas

Câmbio

Inflação na Turquia fica acima do esperado em meio e alimenta expectativa de alta de juros

Por Daren Butler

ISTAMBUL (Reuters) - Os preços ao consumidor da Turquia saltaram 1,62 por cento em maio, acima do esperado, ampliando as expectativas de que o banco central vai elevar a taxa de juros de novo na quinta-feira.

Em reunião de emergência no dia 23 de maio, o banco central elevou os juros em 3 pontos percentuais para sustentar a lira. A moeda havia despencado depois que o presidente Tayyip Erdogan, crítico dos altos custos de empréstimos, disse que exerceria influência sobre a política monetária após as eleições turcas em 24 de junho.

Após os dados de inflação, a lira foi abaixo de 4,6 ante o dólar de 4,6563 no fechamento na sexta-feira. Às 7h16 (horário de Brasília), era negociada a 4,6316 por dólar.

"O mercado está interpretando esse número como tão ruim que na verdade é bom porque vai deixar ao banco central muito pouco espaço em sua próxima reunião para não elevar os juros de novo", disse o estrategista da BlueBay Asset Management Timothy Ash.

Em pesquisa da Reuters, analistas projetavam que o índice de preços ao consumidor subiria 1,45 por cento na comparação mensal. Os dados do Instituto Turco de Estatísticas mostraram que o índice saltou 12,15 por cento na base anual, contra 10,85 por cento em abril.

"No curto prazo a alta da inflação pode continuar devido aos efeitos de base, mas uma tendência de queda começará no segundo semestre do ano com medidas coordenadas de políticas fiscal e monetária", disse no Twitter o vice-primeiro-ministro Mehmet Simsek.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos