Bolsas

Câmbio

Prazo para State Grid recalcular preço a minoritários da CPFL Renováveis é prorrogado

SÃO PAULO (Reuters) - A CPFL Renováveis informou que a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) prorrogou para 18 de junho o prazo para que a chinesa State Grid [STGRD.UL] recalcule o preço de uma oferta pública para aquisição (OPA) da fatia de acionistas minoritários na companhia, segundo fato relevante divulgado ao mercado.

Inicialmente, o prazo para esse cálculo se encerrava nesta segunda-feira.

A oferta é obrigatória depois de a State Grid, maior elétrica do mundo, ter comprado a CPFL Energia, controladora da CPFL Renováveis. A empresa já realizou uma oferta pela fatia dos minoritários na CPFL, líder privada no setor de eletricidade no Brasil.

No início de maio, a CVM disse que o cálculo da chamada "demonstração justificada de preço (DJP)" deverá utilizar dados anuais de lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da companhia, em vez de trimestrais, "de modo a evitar distorções decorrentes de efeitos sazonais e incorporação de visão prospectiva das companhias, a fim de refletir as diferenças em suas expectativas de crescimento".

Os demais documentos da oferta que fazem menção à DJP também deverão ser alterados, refletindo as mudanças realizadas no documento em função da decisão do órgão regulador.

No fato relevante, a CPFL Renováveis disse que "voltará a divulgar a seus acionistas e ao mercado em geral quaisquer desdobramentos relevantes".

(Por José Roberto Gomes)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos